Segunda-feira, 25 de Maio de 2020
Mais Esportes

Verstappen teme se distrair por excesso de atenção do público no GP da Holanda: "Estou lá para correr"

Holandês se preocupa em não repetir experiências negativas que observou com seu ex-companheiro de equipe, Daniel Ricciardo, em sua corrida caseira. Atual piloto da Renault relatou frustração por perder espaço e privacidade no último GP da Austrália

Publicada em 04/03/20 às 22:19h - 93 visualizações

por GloboEsporte.com


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Max Verstappen dá zerinhos em exibição da RBR em Zandvoort  (Foto: Marcel van Hoorn/Red Bull)

Uma das grandes novidades da temporada 2020 da Fórmula 1 é o retorno do Grande Prêmio da Holanda, de volta ao calendário após 35 anos e reforçado pelo "boom" de Max Verstappen no país. No entanto, o piloto da casa é cauteloso com a ideia de ser a estrela da prova, temendo que a atenção do público e da mídia possa interferir em sua preparação para a corrida.


A preocupação do holandês não surgiu à toa. Por três temporadas, ele foi colega de equipe de Daniel Ricciardo, que também sofreu com o excesso de atenção em sua corrida caseira, no GP da Austrália. E é baseado na experiência negativa do ex-companheiro que Verstappen garante evitar a mesma situação.


- Daniel era meu companheiro de equipe e eu vi isso na Austrália. Sempre foi muito difícil para ele. Eu definitivamente não quero estar nessa situação. Estou lá para correr, essa é a coisa mais importante - disse o piloto da RBR.


Não foi apenas uma vez, desde o ano passado, que Daniel Ricciardo se queixou do excesso de atividades de promoção da corrida realizada em Melbourne, na abertura do campeonato. No podcast oficial da Fórmula 1, "Beyond The Grid", ele relatou sua experiência negativa em sua primeira corrida com a Renault, onde disse ter ficado "frustrado, irritado e amargo":



- Minha primeira corrida com a Renault foi péssima. Como um atleta tendo algum tipo de baixa, às vezes você apenas precisa de espaço e privacidade. Nem sempre eles entendem isso e eu me sinto mal falando isso porque não são todos, e não é apenas na Austrália. Mas, em algum momento, você precisa ser egoísta, e o que eu costumo dizer é: vocês querem que eu faça mil entrevistas e mantenha os jornais felizes e tenha uma corrida ruim? Ou preferem que eu diga não a algumas coisas e tenha uma corrida boa?


+ Traçado de Zandvoort já está totalmente asfaltado, e obras para F1 continuam em ritmo acelerado

+ Curvas de palco do GP da Holanda terão dobro de inclinação em relação a oval de Indianápolis


Verstappen ainda tem expectativas positivas para a corrida, sobretudo fora das pistas, mas espera compreensão da parte de sua torcida, o "mar laranja", que rouba as atenções nas arquibancadas de corridas como Bélgica e Áustria, circuitos importantes para o piloto:


- Será um ótimo fim de semana, mas os fãs também precisam entender o que eu preciso fazer todos os dias para ter um bom desempenho.


O Grande Prêmio da Holanda será realizado no dia 3 de maio, no circuito de Zandvoort, que já sediou 30 provas da Fórmula 1 entre 1952 e 1985. Porém, da configuração antiga, foram mantidas apenas as quatro primeiras curvas no traçado atual, em fase de finalização. O último vencedor da prova foi Niki Lauda, na corrida que também marcou a última vitória da sua carreira





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (42)9 99093574

Visitas: 969904
Usuários Online: 227
Copyright (c) 2020 - tbesportes